MENU_ // detalhe // Exposição Contested Desires

Subscrever newsletter
Exposição Contested Desires

Exposição Contested Desires

Patente de 1 a 26 de fevereiro

Horário: 10h00-18h00 (3ª a sábado)

Local: Centro Cultural de Lagos – Sala de Exposições 0

Entrada livre

 

Sinopse


Exposição resultante da Residência Artística, no âmbito do projeto internacional CONTESTED DESIRES, que consiste numa iniciativa aprovada no âmbito do programa internacional Europa Criativa e que integra uma parceira alargada com as entidades congéneres: LAC – Laboratório de Actividades Criativas (Portugal), LaBonne (Espanha), D6 (Reino Unido), ECCOM (Itália), Xarkis (Chipre) e Fresh Milk (Barbados).

 

 

 

 

Akeelah Bertram (Reino Unido) é uma criadora interdisciplinar especializada em fazer experiências imersivas. Exibe nacional e internacionalmente desde que estudou na Universidade de Leeds, Hochschule für Bildende Künste Dresden, (Dresden) e no Royal College of Art (Londres). O seu trabalho envolve a criação de sistemas fluidos para colaboração e uso intuitivo, e muitas vezes envolve a mudança entre os papéis de artista e director. Em 2019, Akeelah iniciou um projecto internacional de longo prazo sobre comunidades da diáspora e a noção de portais, intitulado "Return". Os seus projectos anteriores incluem exposições em Bangalore (IN, 2019) e Silvia (IT, 2017), além de residências em Berlim (2015) e Londres (2013).

 

 

 

 

Anna Carreras (Espanha) - "Sou programadora criativa e artista digital com sede em Barcelona. Concentro a minha prática e pesquisa em código, sistemas generativos e interacção. Estou interessada na complexidade que emerge de pequenos comportamentos simples ou no equilíbrio entre ordem e caos. Tento capturar a diversidade e a riqueza da complexidade trabalhando com algoritmos e recursos visuais. O meu interesse reside no uso de gráficos generativos e na interacção como um instrumento de comunicação. Eles são um meio de criar novas experiências e propostas narrativas. Misturando arte e tecnologia, crio instalações e peças que convidam à participação, exploração e reflexão."

 

 

 

Stelios Kallinikou (Chipre) cruza espaço e lugar, tempo e história, como manifestações de múltiplos discursos entrelaçados de significado. O seu trabalho foi apresentado em exposições individuais e em grupo no Equilibrists, organizado pelo New Museum, em Nova York, e pela Deste Foundation, Atenas, Grécia (2016); Point Center of Contemporary Art em Nicósia, Chipre (2017); Benaki Museum, Atenas, Grécia (2017); Nimac, Nicósia, Chipre (2018); Foam, Amsterdão, Holanda (2018); Phenomenon, Anafi, Grécia (2019). Kallinikou foi residente na Künstlerhaus Bethanien, Berlim, Alemanha (2018-2019). Ele é co-fundador do Θκιό Ππαλιές - Thkio Ppalies Project Space, com sede em Nicósia, Chipre.